Seu Produto Não Vai Vender Para Sempre

Blog > Negócios

Publicado em: 06/08/2018

Sabemos que pode parecer exagero dizer que “seu produto não vai vender para sempre”, mas é o que acontece na grande maioria das vezes. Existe no Marketing, um termo chamado Ciclo de Vida do Produto, onde se é estabelecido o caminho que um produto percorrerá desde seu desenvolvimento.

Alguns produtos, após o lançamento, acabam se tornando um fracasso e sendo removidos do mercado antes mesmo de começar a vender. Outros seguem o ciclo completo, mas acabam extintos no final. E ainda tem aqueles pouquíssimos que passam décadas na fase de maturidade e parece que nunca irão declinar.

Sempre existirão as exceções, mas a regra é que todos chegarão ao declínio e poderão ser atualizados para recomeçar o ciclo, ou eliminados totalmente da praça. Cada caso é um caso, caberá à empresa cuidar para que ele permaneça à venda o maior tempo possível.

 

Desenvolvimento

Nesse momento, o produto ainda não está disponível para a venda. É a fase em que a pessoa responsável, após uma pesquisa prévia, identifica um problema no mercado e começa a desenvolver uma solução.

Aqui entra toda a formulação da ideia do produto, bem como protótipos e testes, tudo para garantir que o item chegue ao mercado com qualidade e possibilidade de sucesso.

Essa é uma etapa de incertezas, descobertas e muitas vezes de risco, já que necessita de um alto investimento e não oferece garantias de sucesso.

 

Introdução

Após todo o planejamento realizado anteriormente, chegou a hora do lançamento. Essa fase poderá ser diferente dependendo do mercado em que está se inserindo.

Normalmente de início, tudo é menor: produção, distribuição, retorno financeiro… É muito comum que se tenha inclusive prejuízo, pelo fato dos custos iniciais serem altos e levar-se tempo para recuperá-los.

Seus clientes ainda não te conhecem, o que torna essa, a pior hora para se negligenciar os investimentos em publicidade. Por mais que o dinheiro esteja curto no momento, é ela quem fará o seu negócio crescer.

 

Crescimento

A fase ruim já passou. Seu produto começa a formar um padrão de crescimento constante que já te traz lucro e possibilita uma programação fixa de produção e distribuição. O público já conhece o seu produto e as vendas só aumentam, porém o problema agora é a concorrência.

No caso dos produtos novos no mercado, essa é a hora em que os concorrentes começarão a observar o seu sucesso e a desenvolver produtos semelhantes ao seu.

E quando se trata de um produto comum? Aí você deverá estar atento desde o desenvolvimento, mas também será agora que seus concorrentes farão de tudo para que você não os ultrapasse, então vale a pena manter um investimento constante e “não deixar a peteca cair”.

 

Maturidade

O ideal seria que todo produto se mantivesse nessa fase para sempre, mas na grande maioria das vezes, não é o que acontece (a não ser que se trate de um produto de necessidade básica que as pessoas sempre precisarão). A maturidade se caracteriza pela constância nas vendas e a redução de investimentos.

É a fase em que seu produto praticamente se vende sozinho. Não é mais preciso investir em grandes ações de marketing, apenas mantenha uma comunicação constante e faça o que puder para impedir que ele chegue ao declínio.

São poucas as empresas que conseguem se manter nessa fase por tanto tempo, mas podemos utilizar como exemplo a Coca-Cola, que mesmo estando no mercado há tantos anos, se mantém sempre no topo.

Algo que poderá funcionar é apostar em inovações. Mantenha seu produto sempre atualizado, encontre novas funcionalidades para ele, modernize sempre as embalagens e não deixe de investir em publicidade, mesmo que esta seja apenas esporádica.

 

Declínio

O declínio é a fase na qual as vendas começam a cair. Muitas vezes é causado por conta de novas tecnologias disponíveis que tornam o produto ultrapassado.

Uma possível solução, como dito anteriormente, é investir em inovações para a atualização do produto e reinício do ciclo. Algumas vezes, pode-se notar que não vale mais a pena o investimento, e é tomada a decisão de retirá-lo do mercado, vai depender de cada situação.

 

Quanto tempo demora cada ciclo?

Não se tem um tempo exato para que o produto passe por cada etapa. Até mesmo as grandes empresas com produtos lançados há décadas poderão sofrer uma queda. O mercado é instável, e permanecerá nele quem melhor se adaptar às mudanças.

Que tal agendarmos uma conversa para discutir um pouco obre seu produto e cria estratégias para mantê-lo no mercado e se preparar para possíveis mudanças?

 

Receba uma consultoria gratuita
Entenda quais estratégias e ferramentas podem te ajudar a atingir seus objetivos de negócio.










SkypeTelefone/WhatsappPresencial

ManhãTardeNoite