Evite Micos! O que não fazer no Facebook da sua empresa.

Blog > Marketing Digital

Publicado em: 06/11/2018

coisas para não se fazer no facebook

O Facebook é a maior rede social do mundo e têm praticamente todos os públicos possíveis utilizando a plataforma, o que a torna perfeita para trabalhar o marketing do seu negócio.

A melhor parte é que a maioria dos empresários já tomou consciência sobre isso, mas o lado desesperador é que muitos criam por criar, administram como dá e cometem diversos erros que, em vez de tornar o Facebook um aliado, o transforma no pior inimigo.

 

#1 – Não crie perfil em vez de páginas

O Facebook está suspendendo cada vez mais perfis de amigos com nome de empresa, mas acredite se quiser, as pessoas ainda estão tentando de todas as formas manter esse costume. O que a maioria não percebe é a falta de profissionalismo que essa atitude passa ao mercado, afinal perfis são para pessoas, e página são para empresas.

 

#2 – Não abandone a página e a comunicação com as pessoas

O item número 1 de social media é manter a periodicidade das publicações, ou seja, definir a quantidade de postagens por semana e os dias a serem seguidos como uma tarefa que não pode ser adiada.

Outro ponto que “queima” as marcas é não responder ou interagir aos comentários e mensagens que as pessoas deixam na página.

 

#3 – Fingir que nunca houve qualquer ponto negativo

A maioria das pessoas quando tem um comentário, avaliação ou mensagem de crítica tende a sair correndo e excluir para fingir que nada está acontecendo ali, porém essa prática não é recomendada, assim como na vida real é sempre necessário dar uma satisfação e tentar sanar os problemas, para mostrar aos demais que sua marca se importa em resolver o problema do cliente.

 

#4 – Não Inserir Apenas Propaganda

Muitos empresários utilizam os posts como se fosse panfletagem, somente oferecendo produtos e mais produtos sem gerar nenhum engajamento com o público. Aos poucos sua página perderá relevância por ter se tornado “chata”.

 

#5 – Não publique apenas durante o horário comercial

Um estudo da TrackMaven descobriu que publicações após o expediente (17h00-01h00) obtinham 11% mais interações que aquelas publicadas durante o dia (8h00-17h00). Essas publicações após o expediente também obtiveram 29% mais interações que aquelas publicadas antes do trabalho (1h00 – 8h00).

Esse estudo ainda descobriu que as publicações de domingo tiveram 25% mais curtidas, compartilhamentos e comentários.

O mais importante é diversificar os horários e ir mensurando em quais deles há melhor engajamento e retorno para tornar a comunicação cada vez mais assertiva e eficiente.

 

#6 – Não dependa apenas de tráfego orgânico

A cada dia que passa as postagens tem um alcance orgânico (sem pagar) menor, afinal há muitas pessoas e cada vez mais conteúdo sendo publicado, o que gera um gargalo enorme e reduz naturalmente as visualizações.

Para combater o problema é necessário que você se organize financeiramente para patrocinar publicações e alcançar mais pessoas dentro do público segmentado.

 

#7 – Não se esqueça do institucional

Nunca deixe de preencher todas as informações de contato e sobre a empresa que o Facebook permite, além de ter uma imagem de perfil e capa profissional com qualidade na resolução.

 

Com essas dicas você vai conseguir ter uma página bem estruturada para obter melhores resultados para o seu negócio. Mas já sabe, se deseja delegar essa tarefa a profissionais que irão elaborar um planejamento consistente de conteúdo e anúncios é só entrar em contato com nossos especialistas.

Receba uma consultoria gratuita
Entenda quais estratégias e ferramentas podem te ajudar a atingir seus objetivos de negócio.









SkypeTelefone/WhatsappPresencial

ManhãTardeNoite